2014/01/01

Amor, sexo e prazer

O que hoje vou escrever poderá ser polémico para muita gente mas, é a minha opinião, o meu sentir, a forma como encaro este assunto! Vou falar de Sexo, cópula, acasalamento, ou mesmo, fornicar! Este acto é existente em quase todo o reino animal para a reprodução e povoamento do planeta terra! Como alguns dos humanos dizem, “fazer sexo, ou fazer amor”, é um acto que, só à humanidade, Deus deu a possibilidade de se poder fazer mesmo que não seja para reproduzir! Mesmo que seja, não só uma vez por mês, uma vez por semana, ou uma vez por dia! Para os humanos, este acto poderá ser feito, até mesmo, mais que uma vez, duas ou três por dia! Só que, muito me entristece ao ver a forma como “banalizaram” este acto, o acto sexual, o acto de fazer Amor! Para um humano de censo puro, este acto deveria ser levado a concretização mas, sempre, e eu disse sempre… com grande atracção um pelo outro! Mas, para que isso funcione assim, duas coisas são necessárias: “o amor e a fundição de dois corpos em um só e para sempre”! Eu bem sei que alguns poderão dizer que não é possível, mas eu digo que é… é possível, sim! E o componente maior para que isto seja possível é, nunca praticarem este acto sem sentirem “amor”! O “AMOR”, é chave em tudo entre um homem e uma mulher! O homem e a mulher que se amem, eles se “fundem” e passaram a ser um só! Sendo assim, a “fundição pelo amor”, ambos serão livres! Ambos usufruíram da mais pura liberdade, pois nenhum deles, porque já são um só, vai querer magoar o outro através de actos ou palavras! Sendo assim, os seus corpos se desejam a todos os momentos da vida e, as coisas, que muitos hoje em dia sentem como problemáticas, para o nosso cérebro, não existirão jamais e então, “o sexo, copula, fornicação ou, fazer amor”, não tem hora, não tem dia, nem o momento certo, pois esse acto acontece espontaneamente pelo afago, o carinho, os abraços que trocaram desde que ambos acordam depois de uma noite de sono! Esta é a forma como eu sinto que esta coisa tão importante, “a cópula para se atingir o êxtase, o orgasmo”, deveria ser pela fundição eterna de dois e não mais se sentirão carentes de algo, pois tudo têm!

3 comentários:

  1. Amor, sexo e prazer!
    Não há coisa melhor na vida
    Tudo com a vida desaparecer
    De verde a madura seca a espiga.

    Continuação de bom ano,
    para você meu afilhado José de Sousa,
    um grande abraço
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  2. Sexo com amor é algo muito bom e prolongam-se no tempo. não tem hora para acontecer
    Sexo sem amor é apenas sexo... um tocar de corpos que não se conhecem é apenas um instante

    ResponderEliminar
  3. Faço das palavras de Rosa Lychnos as minhas!!! Beijo de passarinho!!!

    ResponderEliminar