2010/05/27

Porquê desta viagem?



No infinito
Não sei a onde…
E nunca ninguém vai saber!
Minha existência foi transferida
Por um homem e uma mulher
Fundiram-me em outro ser…
No útero estive a crescer
Para um dia nascer
E foi ao amanhecer
Com a minha avó a ver…
Ali eu a aparecer
Minha mãe a sofrer
Dela surgiu sem saber
Um menino a gemer
E meu pai todo a tremer…
Veio logo a correr!

Esse menino foi crescendo
Muita coisa acontecendo
Muita vez foi padecendo
O tempo sempre correndo…
Ainda não sabe o que está cá fazendo!
Esse menino vai enfraquecendo
Mas continua lendo
E até mesmo escrevendo
Aquilo que outros vão conhecendo…
Neste mundo tão horrendo!

Quando chegar a hora de partir
Quero é que fiquem todos a rir
Porque vocês vão a seguir!

E nunca ninguém ficará a saber…
O que veio cá fazer!

2010/05/26

Pelos vistos não é só em Portugal...



Escândalo na UE! ! !
(foi traduzido de um original em francês, recebido por e-mail)

Leia o que segue, pense bem e converse com os amigos.
Envie isto para os europeus que conheça!
Simplesmente, escandaloso,

Foi aprovada a aposentadoria aos 50 anos com 9.000 euros por mês para os funcionários da EU!!!. Este ano, 340 agentes partem para a reforma antecipada aos 50 anos com uma pensão de 9.000 euros por mês.
Sim, você leu correctamente!
Para facilitar a integração de novos funcionários dos novos Estados-Membros da UE (Polónia, Malta, países da Europa Oriental...), os funcionários dos países membros antigos (Bélgica, França, Alemanha...) receberão da Europa uma prenda de ouro para se aposentar.
Porquê e quem paga isto?
Você e eu estamos a trabalhar ou trabalhámos para uma pensão de miséria, enquanto que aqueles que votam as leis se atribuem presentes de ouro.
A diferença tornou-se muito grande entre o povo e os "Deuses do Olimpo!"
Devemos reagir por todos os meios começando por divulgar esta mensagem para todos os europeus.
É uma verdadeira Máfia a destes Altos Funcionários da União Europeia...

Os tecnocratas europeus usufruem de verdadeiras reformas de nababos...
Mesmo os deputados nacionais que, no entanto, beneficiam do "Rolls" dos regimes especiais, não recebem um terço daquilo que eles embolsam. Vejamos! Giovanni Buttarelli, que ocupa o cargo de Supervisor Adjunto da Protecção de Dados, adquire depois de apenas 1 ano e 11 meses de serviço (em Novembro 2010), uma reforma de 1 515 € / mês. O equivalente daquilo que recebe em média, um assalariado francês do sector privado após uma carreira completa (40 anos).

O seu colega, Peter Hustinx, acaba de ver o seu contrato de cinco anos renovado. Após 10 anos, ele terá direito a cerca de € 9 000 de pensão por mês.
É simples, ninguém lhes pede contas e eles decidiram aproveitar ao máximo. É como se para a sua reforma, lhes fosse passado um cheque em branco.
Além disso, muitos outros tecnocratas gozam desse privilégio:
1. Roger Grass, Secretário do Tribunal Europeu de Justiça, receberá € 12 500 por mês de pensão.
2. Pernilla Lindh, o juiz do Tribunal de Primeira Instância, € 12 900 por mês.
3. Damaso Ruiz-Jarabo Colomer, advogado-geral, 14 000 € / mês.
Consulte a lista em:
http://www.kdo-mailing.com/redirect.asp?numlien=1276&numnews=1356&numabonne=62286

Para eles, é o jackpot. No cargo desde meados dos anos 1990, têm a certeza de validar uma carreira completa e, portanto, de obter o máximo: 70% do último salário. É difícil de acreditar... Não só as suas pensões atingem os limites, mas basta-lhes apenas 15 anos e meio para validar uma carreira completa, enquanto para você, como para mim, é preciso matar-se com trabalho durante 40 anos, e em breve 41 anos.
Confrontados com o colapso dos nossos sistemas de pensões, os tecnocratas de Bruxelas recomendam o alongamento das carreiras: 37,5 anos, 40 anos, 41 anos (em 2012), 42 anos (em 2020), etc. Mas para eles, não há problema, a taxa plena é 15,5 anos... De quem estamos falando?
Originalmente, estas reformas de nababos eram reservadas para os membros da Comissão Europeia e, ao longo dos anos, têm também sido concedida a outros funcionários. Agora eles já são um exército inteiro a beneficiar delas: juízes, magistrados, secretários, supervisores, mediadores, etc.

Mas o pior ainda, neste caso, é que eles nem sequer descontam para a sua grande reforma. Nem um cêntimo de euro, tudo é à custa do contribuinte...
Nós, contribuímos toda a nossa vida e, ao menor atraso no pagamento, é a sanção: avisos, multas, etc.
Sem a mínima piedade. Eles, isentaram-se totalmente disso. Parece que se está a delirar!

Esteja ciente, que até mesmo os juízes do Tribunal de Contas Europeu que, portanto, é suposto «verificarem se as despesas da UE são legais, feitas pelo menor custo e para o fim a que são destinadas», beneficiam do sistema e não pagam as quotas.
E que dizer de todos os tecnocratas que não perdem nenhuma oportunidade de armarem em «gendarmes de Bruxelas» e continuam a dar lições de ortodoxia fiscal, quando têm ambas as mãos, até os cotovelos, no pote da compota?

Numa altura em que o futuro das nossas pensões está seriamente comprometido pela violência da crise económica e da brutalidade do choque demográfico, os funcionários europeus beneficiam, à nossa custa, da pensão de 12 500 a 14 000 € / mês após somente 15 anos de carreira, mesmo sem pagarem quotizações... É uma pura provocação!
O meu objectivo é alertar todos os cidadãos dos Estados-Membros da União Europeia. Juntos, podemos criar uma verdadeira onda de pressão.

Não há dúvida de que os tecnocratas europeus continuam a gozar à nossa custa e com total impunidade, essas pensões. Nós temos que levá-los a colocar os pés na terra.

«Sauvegarde Retraites» realizou um estudo rigoroso e muito documentado que prova por "A + B" a dimensão do escândalo. Já foi aproveitado pelos media.


Preciso de socorro!!! Ajudem-me a ser selvagem

2010/05/25

Polémica que envolve a filha de Simára.



Entrevista com Cândido Oliveira, onde ex-companheiro de Simára repõe a verdade.

Afinal, de tudo o que já leram, em outro artigo meu, publicado no dia 21 deste mês, que tem a ver com a filha de Simára, pelo que Cândido (ex-namorado) diz, é que a menina não é dele e nem dela. Estamos perante um caso de tráfego de crianças. Pegue o Hiperligação e aprecie este escândalo desta mulher que merece, na minha opinião, prisão.


Link: http://sic.sapo.pt/online/video/programas/companhia-das-manhas/2010/5/polemica-que-envolve-a-filha-de-simara25-05-2010-144012.htm
Levem-me p'ra ilha, ou deixem-me ser selvagem!!!

2010/05/24

Para continuarem em mais alto nível de vida, o pequeno tem de morrer á fome!!!


No passado dia 23 do corrente mês, o canal televisivo SIC, anuncia que: Em Portugal existe 2.000 (dois mil) gestores de empresas municipais. Vejam ao cúmulo da pouca-vergonha a que a democracia chegou. Dividam esta quantidade de gestores pelos 308 municípios. É uma vergonha! Falta de escrúpulos! É um roubo que estão a fazer aos cidadãos deste país! Depois o governo toma medidas de austeridade para combater o défice, mas o mais pequeno é que sente a falta, é que quer comprar pão, leite para suas crianças e não tem como. O povo tem de chegar a conclusão e poderem ter coragem para tentarem todos junto, porque a união faz a força, banirem com os políticos, não deveríamos viver sobre alçada de governantes, são todos uns ladrões, exploram e fazem do povo escravos... e ainda, dão apoio a quem explore também, e têm a coragem de chamarem, ao seu país, um homem (Papa), para acalmarem os humildes a fim de que aceitem continuarem a viver na corrupção! À que ter coragem e, a nível mundial, todos juntos fazer-se uma revolução para banirem com a classe politica. Os que vivem nas selvas da Amazónia, e em outras por outras partes do planeta, vivem no céu, não são vítimas desta corja de ladrões, mas eles já estão, forçando, a entrarem lá e destruir com o habitat puro e dos humildes. Por isso, eu qeriaserselvagem.

2010/05/21

Simára e o teste de paternidade


É preciso ser-se de uma profunda ignorância e ser-se de baixo nível, para se levar a publico a nossa vida que tem a ver com o relacionamento com alguém que um dia escolhemos para viver entre as quatro paredes e se deitar lado a lado na cama e fazerem amor.
A Simára, figura pública, uma Senhora Brasileira, mas que já há uns anos escolheu Portugal para viver, apareceu na TV, no programa da manhã na SIC, no dia 21 deste mês, queixando-se que, o ex-namorado lhe obrigou a fazer teste de paternidade da filha que tem agora 7 anos. Segundo ela, a filha nasceu na altura em que se tinha deslocado ao Brasil, e por lá nasceu com apenas 7 meses de gestação. Respondendo ao descontentamento de Simára, na minha modesta opinião, o ex-namorado fez muito bem, eu faria o mesmo. Todos bem sabemos, porque as mulheres de Portugal gostam muito de ler as Revistas cor-de-rosa, que a Simára já havia tido vários relacionamentos, e nunca deixou de sair para as festas de gala, com amigos, porque não o ex-namorado desconfiar?
Aqui perto, onde vivo, isso já acontece frequentemente. Aliás, conheço um caso em que, ela decide, depois de meses ou talvez anos de namoro, acabar. Acontece que, essa senhorita continuou saindo há noite, frequentando Bares, Discotecas, Pubes etc. Passado, mais de meio ano, volta a reactivar o namoro, com o mesmo, porque estava grávida dele, e assim acabaram por casar. Mas, actualmente, já se divorciaram… porquê?
Bem, eu só poderei dizer que esse caso que conheço, cá da terra onde vivo, o rapaz para mim foi um “Tótó”, o ex-namorado da Simára está de parabéns, pois eu faria o mesmo. Mulheres com vários casos, e que mesmo tendo um caso com um, continuam a saírem com os conhecidos nas noites, e, tanto ele como ela, vão para lados diferentes, com seus conhecidos, questiono-me “dar nome de pai hoje em dia é complicado!”. Se ela tivesse vergonha na cara não vinha para a TV falar de sua vida. Isso é de uma grande rebaixes…

2010/05/20

O Sobrinho do pior português de sempre...


Claro que tinha de haver uma razão para esta sumidade!!!!

AFINAL HÁ MÉRITO, MUITO, MUITO MÉRITO!!!

O Sr Administrador da PT, Dr. Rui Pedro Soares, entre muitos predicados tem o incontornável mérito de ser sobrinho de Mário Soares, o famoso!!!!...

Logo, está explicada a sua enorme capacidade para aos 36 anos ser administrador duma das maiores empresas portuguesas. Viva o grande pai da democracia, que tem fantásticos familiares e de altíssimo gabarito!!!

PODE LEVAR TEMPO, MAS A VERDADE É COMO O AZEITE, VEM SEMPRE AO DE CIMA.

2010/05/19

Tenho muita pena destes senhores!!! É triste!!!...


Ora cá vão uns salariozitos de remediados:

(PODE NÃO PARECER, MAS SÃO VALORES MENSAIS!!!!....)
-Mata da Costa: Presidente dos CTT, 200.200 Euros
-Carlos Tavares: CMVM, 245.552 Euros
-Antonio Oliveira Fonseca: Metro do Porto, 96.507 Euros
-Guilhermino Rodrigues: ANA, 133.000 Euros
-Fernanda Meneses: STCP, 58.859 Euros
-José Manuel Rodrigues: Carris 58.865 Euros
-Joaquim Reis: Metro de Lisboa, 66.536 Euros
-Vítor Constâncio: Banco de Portugal, 249.448 Euros (este é que pode pagar mais IRS)
-Luís Pardal: Refer, 66.536 Euros
-Amado da Silva: Anacom, Autoridade Reguladora da Comunicação Social, ex-chefe de gabinete de Sócrates, 224.000 Euros
-Faria de Oliveira: CGD, 371.000 Euros
-Pedro Serra: AdP, 126.686 Euros
-José Plácido Reis: Parpública, 134.197 Euros
-Cardoso dos Reis: CP, 69.110 Euros
-Vítor Santos: ERSE, Entidade Reguladora da Energia, 233.857 Euros
-Fernando Nogueira: ISP, Instituto dos Seguros de Portugal, 247.938 euros (este não é o ex-PSD que se encontra em Angola !! )
-Guilherme Costa: RTP, 250.040 Euros
-Afonso Camões: Lusa, 89.299 Euros
-Fernando Pinto: TAP, 420.000 Euros
-Henrique Granadeiro: PT, 365.000 Euros

E ainda faltam as Estradas de Portugal, EDP, Brisa, Petrogal, todas as outras Observatórios e reguladoras ... Vilanagem É um fartar enfim! E pedem contenção!!
Imaginem o que é pagar um Subsídio de férias ou de Natal a estes senhores:''Tome lá meu caro amigo 350.000 € para passar férias ou fazer compras de Natal''.
E pagar-lhes esta reforma ... É no mínimo imoral e no máximo corrupção à sombra da lei ... Até porque estes cargos não são para técnicos, Mas são de nomeação política .. É isto que lhes retira toda e qualquer credibilidade junto do povo e dos quadros técnicos.

TUDO NOSSO DINHEIRO QUE ALIMENTA ESTE BANQUETE, ONDE A CRISE NÃO BATE À PORTA E Onde há aumentos PARA SEMPRE Amigos...
PODE NÃO PARECER, MAS ESTES SÃO VALORES MENSAIS!!!!....
NOTA: O ordenado para quem trabalha é de 460€. A minha penção por invalidês é de 288€...

2010/05/14

"O Amor"


O "Amor" é um raio de luz
Que entra no coração
E que faz explodir de alegria
Que nos leva para um jardim sem fim
Onde há flores de todas as cores!...
O "Amor" é…
Como a primavera
Um botão de rosa que vai crescendo com o tempo
Com o sol que lhe dá vida e cor!
Como os lírios brancos na madrugada
Que vão abrindo com a carícia do sol
Sim… o "Amor"!
O "Amor" é belo…
É a frescura limpa dos nossos olhos
As flores azuis dos nossos passos
É uma lágrima de ternura e carinho
O "Amor" é… vida… um desejo
O "Amor" é
A carícia suave de um beijo.

2010/05/13

A pior de todas as aberrações em Portugal

Papa Bento XVI, um homem igual aos outros, só na roupa está diferente!

A Tolerância de ponto anunciada para o dia 13 de Maio em todo o País, por motivo da visita de Sua Santidade o Papa Bento XVI, acompanhada por tolerâncias em Lisboa e no Porto na antevéspera e no dia seguinte, respectivamente, convidam-me a considerar aqui um tema que já pensara tratar por ocasião do feriado da terça-feira de Entrudo. Não é um tema popular, mas penso que vale a pena abordá-lo pois é altura de encararmos de frente os problemas do País que somos todos nós.
Portugal ocupa um lugar desolador na maior parte dos indicadores económicos, sociais, culturais e educativos da União Europeia. Temos uma dívida colossal, sobretudo quando comparada com a riqueza que produzimos. Muitos duvidam da nossa capacidade para controlar o défice dentro do prazo exigido e há já quem ameace com a possibilidade de Portugal e a Grécia terem de sair da Zona Euro (nunca deveria ter entrado, porque quem não tem sangue não pode fazer morcelas). O desemprego atinge níveis alarmantes e daí decorrem problemas sociais gravíssimos. E, no entanto, Portugal é um dos países europeus com maior número de feriados nacionais por ano: uma dúzia. Se a eles acrescentarmos os feriados municipais, os fins-de-semana e uns 20 dias úteis de férias concluiremos que em 2010, nos 365 dias do nosso calendário, muitos Portugueses trabalham apenas 228.
Ainda assim, não trabalhar 137 dias por ano (37,5% do total) não constitui regalia suficiente. Por isso inventámos as “pontes”. Sempre que um dos feriados calha a uma terça ou a uma quinta-feira, é certo que milhares de funcionários gozam de um descanso suplementar. E porquê? Apenas porque se trata de um feriado e um fim-de-semana, ou vice-versa. Somente mais uma interrupção, um dia de férias suplementar, concedido pelos acasos do calendário. Para azar de muitos, em 2010 só há quatro casos nessas condições: no Entrudo, no Corpo de Deus, no Dia de Portugal e na Implantação da República. Os restantes feriados calham, ou à segunda e sextas-feiras (o que também não é mau), ou à quarta-feira (o que é mais desfavorável mas pode levar alguns a interessar-se pelo significado do 1 e 8 de Dezembro) ou então ao fim-de-semana (uma sobreposição assaz desagradável). Mas há ainda outras hipóteses para sermos felizes. São as tolerâncias ditadas por circunstâncias excepcionais, como no caso da visita de Bento XVI. Uma tolerância “ad hoc” mas que alcançou já um efeito improvável: pôs de acordo associações patronais e sindicatos quanto à sua conveniência.
Este panorama merece um comentário amargo. Sobretudo no que tem que ver com as “ponte” e com os famosos “roulementes” que daí decorrem. Todos sabemos como este sistema é prejudicial ao normal funcionamento de qualquer serviço. Quem está fora, em regime rotativo, não só não trabalha como impede que muitas tarefas, por serem partilhadas ou por falta de informação relevante, não seja possíveis de concretizar pelos que estão ao trabalho. Daí resulta o adiamento de muitas decisões (ou a tomada de decisões erradas), alguma desorganização interna e a recaída constante em ciclos laborais de “stop and go” deveras prejudiciais. Acho bisonho que um País como o nosso, que importa quase tudo e que deve mais do que aquilo que produz, se permita continuar a viver neste registo. O trabalho não ser visto como um “frete”, como um “mal necessário”, mas como um direito (a que muitos não têm ainda acesso) e como um instrumento para a nossa realização pessoal e para o progresso da sociedade em que vivemos.
Os filhos de amanhã merecem herdar de nós um País mais próspero, mais harmonioso e menos dependente. Não os conseguiremos satisfazer enquanto vogarmos nestas águas estagnadas sobre as quais continuamos a construir feriados e pontes que não nos aproximam de nada a não ser do nosso próprio abismo.
Agora vou fazer uma pergunta um pouco maliciosa e que gostaria que alguém me desse uma resposta concreta: Uma vez que vivemos num estado laico, onde todas as religiões tem direito a existir, e onde cada pessoa tem o direito de seguir a religião que entender! Este governo, e outros no passado, ao fazerem uma recepção de tamanha envergadura, ao Papa, será que, se viesse acontecer, vir a Portugal o Chefe supremo da religião Muçulmana ou da Judaica, seria recebido da mesma forma? Será que receberam o Deus? Ou será que, o que levou este governo a receber desta forma (tal que até mesmo, os jornalistas, durante 4 dias se esqueceram que no mundo existem problemas. Só existiu o Papa e o Benfica! Já não existia fome, nem assaltos, nem mortes, o mundo estava limpo. Lamento esta atitude jornalística!). Mas como dizia, ao recebe-lo desta forma é pelo facto de acreditarem que ele tem poderes e por isso irá tirar o país do défice em que se encontra e livra-lo de cair em Banca Rota? É por isso, é que cada vez mais, sinto a necessidade de ser “SELVAGEM”.

2010/05/11

A letra do Hino Nacional foi actualizada...




DESTINO.NACIONAL


Heróis do mal

Pobre Povo

Nação doente

E mortal

Expulsai os tubarões

Exploradores de Portugal

Entre as burlas

Sem vergonha

Ó Pátria

Cale-se a voz

Dessa corja tão atroz

Que há-de levar-te à miséria

P’ra rua, p’ra rua

Quem te está a aniquilar

P’ra rua, p’ra rua

Os que só estão a chular

Contra os burlões

Lutar, lutar !

2010/05/10

SLB em AVATAR


Benfica campeão 2010


Jorge Jesus quando entra para treinador do Benfica, montou na águia, monstruosa, do filme “AVATAR”, e disse: -“Vou derrotar Leões e Dragões”. Aí está… resultado á vista.




É dia de festa e eu quero juntar
Minha voz aos milhares no estádio a cantar
Ninguém pode parar essa onda danada…
É o Benfica que mora em meu coração
No meu sangue vermelho de glória e paixão
Deixa a águia voar que a gente já venceu…
A águia chegou e agora vai arrasar
A vitória é nossa e todo o mundo vai vibrar,
A águia chegou e agora vai arrasar
Vitoria Benfica todo o mundo vai cantar.
Benfica vai pegar, Benfica vai pegar,
E eu já sabia que o meu Benfica ia ganhar…
Esse clima de festa não vai acabar
E mais uma vitória para comemorar
SLB glorioso é o meu campeão…
É o Benfica que mora no meu coração
O meu sangue vermelho de glória e paixão
Deixa a Águia voar que a gente já venceu,
A gente já venceu, a gente já venceu…
SLB… SLB, SLB, SLB…. GLORIOSO SLB, GLORIOSO SLB…

video

2010/05/07

O JARDIM DE ALBERTO


Eu sou como «Tomé», “sem ver não querer”. Ouve-se, tanta vez, pessoas que vivem no nosso meio, nos pontos de encontro, a criticarem, de forma negativa, o presidente da Ilha da Madeira, Dr. Alberto João Jardim.
Dizem: “-ele é um ditador, um arrogante, compra as pessoas, apoia os lobistas e não olha pela grande pobreza que vai na ilha…”. Eu, sugeria a todos que criticam, sem ver, que fossem passar lá um mês de férias, aluguem lá um carro e visitem toda a ilha. Tentem ver todos os lugares da ilha, as infra-estruturas que estão aos olhos de quem vê. Convivam com o povo e tentem ver onde vive e com quem convive o Dr. Alberto João! Terei a certeza que regressarão com uma visão diferente sobre aquele homem! Alberto João Jardim alinha na convivência do petisco ou festas dos mais humildes. É fácil vê-lo sentado junto do povo humilde a conversar, a beber e a petiscar com eles. As suas horas livres vive-as junto do povo, não se fazendo acompanhar de seguranças, porque quem não deve não teme, ao contrário dos outros políticos e governantes. Na política, de governação da ilha, o Dr. Alberto João criou a investigação sobre a quem pertence um imobiliário! Se o imobiliário se encontra em mau estado de conservação, e se o mesmo pertence a pessoas com poderes económicos, ser-lhe-á imposto para que, no prazo de xis, o reconstrua e o coloque com boa imagem aos olhos dos forasteiros turísticos. Caso o imobiliário pertença a pessoas com falta de meios económicos, de uma forma gratuita, o governo, da ilha, manda fazer a reabilitação do mesmo e coloca-lo, caso seja necessário, com os meios necessários para que dignamente e higienicamente, nele se possa viver. O Dr. Alberto João Jardim é um homem dotado de humanismo, um homem do povo. Para alem de lutar e fazer de tudo para que a ilha da Madeira se torne, cada vez mais, um ponto atractivo ao turismo, e tal como se viu, foi eleita em 2008 como uma das melhores ilhas para quem quer passar férias, também faz tudo para que o seu povo viva numa vida com condições dignas. Isto, do que falo, foi-me transmitido por várias pessoas, com quem contactei, que nasceram, cresceram e vivem na ilha, e ainda por outros que são naturais de Soure, onde vivo, e que á 10 anos escolheram aquela ilha paradisíaca para viverem, porque “A Madeira é um Jardim”.
O que faz falta, aos que vivem aqui no continente, é irem lá uma vez por ano para arejarem as mentes e virem de lá com o espírito do que é ser-se um verdadeiro português!
Quem não conhece a vida na ilha e só conhecem o Alberto João, é assim que o tratam os seus conterrâneos, pela imprensa julgam aquilo que não é. Ele, tal como eu faria, tornasse, verbalmente, um pouco agressivo para com os jornalistas e com muita razão, pois as perguntas mesquinhas e descabidas que lhe fazem até dá a impressão que o intuito de alguns «media» com falta de imparcialidade, é tentar desgastar a imagem daquele homem que vive com amor à pátria, ao povo e à terra onde nasceu
Em política, justos como ele poucos existem.


O «Alberto» nasceu na Ilha
Ali brincou como tanta criança,
Escolheram-no como governo
Nele o povo tem confiança,

A Ilha da Madeira com razão
Sua beleza não tem fim,
O homem que a governa
Tem no fim de seu nome «Jardim».

2010/05/06

Sócrates e o seu homólogo Suíço


Suíça não é banhada por nenhum mar!

Até que o Sócrates não é tão burro...pois sabia que a Suíça não é
banhada por nenhum mar...!!!


Numa reunião com o Presidente da Suíça, Sócrates apresenta os seus Ministros:

- Este é o Ministro da Saúde, este é o Ministro da Educação, este é o
Ministro da Cultura, este é o Ministro da Justiça....
E assim foi.

Chegou a vez do Presidente da Suíça:
-Este é o Ministro da Saúde, este é o Ministro da Fazenda, este é o
Ministro da Justiça, este é o Ministro da Educação, este é o Ministro
da Marinha...

Nessa altura, Sócrates começa a rir.
- Desculpe Sr. Presidente, mas para que o senhor tem um Ministro da
Marinha, se o seu país não tem mar?

E o Presidente da Suíça responde:

-Quando Vossa Excelência apresentou os Ministros da Justiça, da
Educação e da Saúde, eu não ri...!!!